Adubo orgânico: o que é e quais os benefícios?

Se você está procurando uma forma de cuidar das suas plantas, deve ter se deparado com diversos produtos para enriquecer o solo. Nesse momento, é importante optar pelo Adubo Orgânico, e não cair no papo dos agrotóxicos e fertilizantes químicos.

Neste blogpost, conheça o adubo orgânico: uma alternativa sustentável e rica em nutrientes!

O que é o Adubo Orgânico?

Este tipo de biofertilizante é um adubo sem agrotóxicos, produzido a partir de matéria orgânica. É utilizado para devolver ao solo os nutrientes necessários para o desenvolvimento das plantas.

Também conhecido como fertilizante orgânico, esse “adubo líquido”, é constituído de chorume não tóxico. Sua fabricação é feita a partir da decomposição de matéria orgânica, seja ela de origem vegetal ou animal. Existem duas formas de obter o fertilizante:

  • Aeróbia – o processo acontece com a presença de oxigênio e o adubo é criado a partir da compostagem de resíduos orgânicos;
  • Anaeróbia – o biofertilizante é processado sem a presença de oxigênio.

Em ambos os processos, o adubo e fertilizante resultantes são ricos em macro e micronutrientes, como nitrogênio, fósforo, potássio, cálcio, ferro, manganês e muito mais. Sua aplicação aumenta a resistência natural e acelera o crescimento das plantas, prevenindo o possível ataque de pragas e pestes. Além de proporcionar a melhoria das características químicas, físicas e biológicas do solo. 

O uso desse produto possui diversos benefícios, principalmente ao Meio Ambiente, pois não causa impactos negativos em sua produção e nem em sua aplicação. Além disso, não faz mal à saúde quando utilizado para o cultivo de alimentos. 

Por que os Agrotóxicos são ruins?

Se de um lado temos um adubo orgânico, rico em nutrientes e que cuida do Meio Ambiente, do outro lado temos os fertilizantes inorgânicos. Estes são fabricados através de fontes não renováveis, como a extração mineral ou o refino de petróleo. Este fertilizante é usado no extermínio e prevenção de pragas e pestes no cultivo.

Os agrotóxicos possuem componentes químicos nocivos aos seres humanos, podem causar: problemas neurológicos, motores e mentais, distúrbios de comportamento, câncer, entre outras.

Além disso, o uso desse produto causa diversos malefícios ao Meio Ambiente, isso acontece devido à alta concentração de substâncias químicas e metais pesados em sua composição. Dentre esses males estão a contaminação do solo e dos lençóis freáticos, e a poluição de rios e lagos, prejudicando a fauna e flora marinha. Ainda, os fertilizantes inorgânicos também podem ocasionar desastres ambientais quando lixiviados, ou seja, varridos pela chuva. 

Benefícios de usar o Adubo Orgânico

Como visto anteriormente, o adubo orgânico é feito a partir do reaproveitamento de resíduos de origem vegetal ou animal. Mas você sabia que a produção do adubo colabora para a destinação correta e disposição final do lixo?

Se você ainda não sabe para onde vai o seu lixo após o descarte, nós te explicamos. A coleta seletiva encaminha os resíduos aterros sanitários e lixões, onde recebem pouco ou nenhum tratamento. Portanto, quando destinados incorretamente, os resíduos contaminam o solo, o ar e a água.

Ao fazer a separação e destinação correta dos resíduos, o lixo que antes ficaria na natureza causando poluição, pode se transformar em fonte de nutrientes para o Planeta! Ao optar pelo adubo orgânico, você também incentiva a economia circular, gerando renda para pequenos produtores rurais.

Além de substituir os agrotóxicos, o adubo produzido a partir de matéria orgânica é uma medida necessária para uma agricultura mais saudável e sustentável. A reportagem publicada pela Associação Brasileira de Saúde Coletiva (ABRASCO), revela que, cada brasileiro consome o equivalente a 7,36 litros de agrotóxico por ano. Já a Organização Friends of the Earth Europe, publicou um relatório onde os índices revelam que:

“Uma pessoa morre de envenenamento por agrotóxicos no Brasil a cada dois dias, e cerca de 20% dessas vítimas são crianças e adolescentes com idade entre 0 e 19 anos.”
Friends of the Earth Europe – Toxic Trading. Leia o relatório traduzido em português clicando aqui.

O que é compostagem?

A compostagem é um processo biológico e natural de decomposição dos resíduos orgânicos, sejam eles de origem urbana, doméstica, industrial, florestal ou agrícola. Através desta prática podemos valorizar os resíduos e transformá-los em adubo.

Dessa forma é possível fazer a reciclagem dos resíduos orgânicos e cuidar do Planeta!

Compartilhe o Post

SIGA A COMPOSTA+

CONHEÇA A COMPOSTA+

Posts Relacionados

Abrir bate-papo
Precisa de ajuda?
Olá
Como podemos te ajudar?